quarta-feira, 20 de junho de 2012

ENERGIAS NO AR



Estamos cercados de energias, sendo elas sentidas sem a necessidade de palavras.

Qual a energia estamos sentindo? ou mesmo exalando diariamente?

Quando soltamos uma energia no ar, ela não se dissipa, ela continua no ambiente afim de entrar num corpo onde há brechas.

Para qual tipo de energia você está dando brecha? As energias de vibrações positivas ou negativas?

Quando um gás é expelido de um meio, e passa a existir num meio diferente, a busca dele é por brechas afim de penetrar num novo corpo.

Cada corpo penetrado pelas energias sofrem alterações, de forma que o corpo penetrado tende a mudar, ou mesmo sofrer, dependendo do tipo de energia que lhe é assimilada.

Quantas vezes você entrou numa casa de moradores felizes e sentiu o ar da casa leve e suave? Ou mesmo entrou na casa onde seus moradores vivem em discórdia e desunião contínua, e sentiu o ar da casa pesado e difícil de permanecer lá?

Tudo isso é por causa das energias exalados dos corpos ao meio em que vivem, sendo que as mesmas tentam incessantemente penetrar num novo corpo afim de habitá-lo e governa-lo, tudo isso por causa de uma brecha.

Então fica a questão:

"VOCÊ ESTÁ DANDO BRECHA PRA QUEM?


Gleilson Alves

quinta-feira, 7 de junho de 2012

O VERDADE SOBRE O AMOR


Observo os comportamentos das pessoas, e fico pesando porque elas são assim.
Elas olham umas para as outras, e as define somente por causa de uma roupa ou mesmo por causa de um único comportamento ou fala.

O mestre nos ensina a não julgar, mas ele nos fala sobre frutos que definem uma árvore.
Será que devemos aceitar tudo o que as pessoas fazem, alegando que amamo-as?

Deus é amor, e Jesus é manisfestação, quanto humano, de Deus na terra. Eles nos ensina que devemos negarmos a nós mesmo, e que quem tem pecado não entrará no reino dos céus.
Quanto Jesus homem, Deus nos fez ver que a maior prova de amor que ele poderia nos mostrar em relação aos religiosos de sua época, era chamando-os de incrédulos e filhos do diabo, e convidando-os a se converterem a verdade absoluta, que é Deus Jeová.

Será que Jesus foi desamoroso com os Fariseus, Escribas e Zelotes?
Não! Ele apenas mostrou que a hipocrisia é abominada por Deus e que a transformação do homem tem que acontecer de dentro para fora, e não o contrário como ele estavam fazendo.

Então, Jesus nos mostra em seu evangelho através mesmo do próprio apóstulo Paulo que, quando existe um comportamento repreencível por parte de alguém que professa o amor, que é DEUS, esse mesmo é passivo de repreenção severa afim de um arrependimento por amor.

Amar uma pessoas não é aceitar tudo o que ele faz ou diz, e nem bajular, amar é mostrar que acima de eu e você existe um Deus pai que olha para nós e nos repreende quando necessário é.

A palavra de Deus diz: "Deus exorta o filho ao qual ele ama..."

Portanto:
"Será que apartir de agora verás o amor como outros olhos, ou ficará na mesma condição de conforto de não aceitar a verdade? Afinal, não mudar é mais cômodo do que mudar, não é mesmo!?

Gleilson Alves

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Pastor Marcos Sobral


Vai-se o homem e ficam suas idéias. Vai-se a matéria, mas o processo o qual ela iniciou, continua a desenrolar-se.

Nosso amigo, nosso irmão – o Pr. Marcos Sobral –, findou sua existência física como mártir da solidariedade,... e amor ao próximo.

A violência pôde por fim ao seu corpo físico. Mas ela não pode deter a história; os ensinamentos; os exemplos e a influencia do Espírito que se manifestou por meio dele. O visível passou, mas o invisível continua e continuará o seu trabalho.

Orgulhosamente a Comunidade INDO faz menção da amizade, da vida e obra do amado pastor Marcos Sobral. Que o seu exemplo permaneça em nossa memória.

Gleilson Alves e Comunidade INDO

OLHANDO PARA O PASSADO...


Viver e perceber o que se é vivido, é essencial para todo aquele que busca ter um encontro com o seu SER REAL.

Olhando pro passado, mas não se envolvendo, podemos perceber e ver que na historia de nossas vidas o inevitável sempre acontece.

Algumas pessoas não entendem o que significam as palavras do mestre quando ele diz:

...aquilo que plantares certamente colherás...”

Quando a maioria das pessoas olham pro passado, apenas percebem o que se passou, mas não percebem o que acontece no presente momento em que estão pensando no passado, as emoções, os sentimentos revividos, etc.

Tenho a convicção de que se nos colocamos no lugar de observador de nós mesmos, teremos uma experiência inacreditável com a nossa essência original, vinda direta do criador.

Olhe para o passado, sem se envolver, perceba VOCÊ no agora, e encontrarás com o seu SER REAL.

Então ouso dizer:

“Se nos encontrarmos com nós mesmos, nos encontramos com o próprio Deus!”

Gleilson Alves

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Quando percebemos nossa insignificância...


Tenho andado por caminhos a muito desconhecidos para mim, mas ao mesmo tempo sinto como se já os conhecesse.

Percebi, então, que o segredo daquilo que sinto hoje é o poder de meu ego ainda querendo ecoar em mim, querendo me fazer cair e me fazer voltar a caminhos que antes já tinha trilhado, mas que quase me levaram a morte.

Não sei o porquê desses sentidos tão confusos hoje, mas creio que tudo isso tem um propósito.

Então nesse meio tempo de trevas e isolamento espiritual, percebi que o poder do EU é que me faz ainda vir abaixo, foi aí que percebi minha insignificância, minha luz, minha paz.

Não sei mais se posso chamar tal coisa de insignificância, mas nomeio dessa forma visando que não preciso de um significado para viver, mas sim de um propósito.

Hoje eu sei que desfalecerei somente quando meu propósito for cumprido aqui nesse plano.

Então, ouso afirmar que:

Quando percebemos nossa insignificância, nos encontramos conosco, e vemos para onde temos que ir... Mas será isso suficiente?”

Gleilson Alves