terça-feira, 24 de maio de 2011

DEUS ACIMA DE TUDO!


A vida sempre nos mostra que somos dependentes integrais de Deus, o Criador do universo.

Observe, não podemos viver sem o sopro de vida, com isso somos dependentes do sopro divino de Deus.

Mas o mundo vive achando que pode alguma coisa, acha que tudo que tem foi conseguido através de suas próprias forças. Na verdade, isso não passa de um verdadeiro engano...

Tudo gira em torno de uma única idéia: A SUPREMACIA DE DEUS SOBRE TUDO!
A ciência apenas sobrevive por causa da dúvida, A ciência é baseada na idéia da dúvida, e quanto maior a dúvida, maior a magnitude da resposta.

Mas, mesmo a ciência, ela reconhece que não consegue analisar a magnitude de Deus.

Observe, quando começamos a praticar esportes, a nossa desenvoltura no esporte, depende do fôlego de vida.

A psicologia diz o seguinte: “ Conseguimos estudar a mente Crística só apenas a certo ponto, somente até onde a duvida sobrevive, mas quando entramos na área da fé, isso é maior que a ciência pode alcançar.”

Resumindo:

“Você caminha 50 metros, suas forças andam apenas 10 metros, os outros 40 depende da vida, depende de Deus em sua vida!”

NUNCA ACHE QUE DEUS É MENOS DO QUE VOCÊ...
DEUS É TUDO, INCLUSIVE, O OXIGÊNIO.
DEIXE ELE AGIR, E NÃO SE CANSARÁ!

Gleilson Alves

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Onde está a recompensa?


Em Mateus 5: 1-12, vemos Jesus iniciando um sermão e falando sobre beatitudes, ou bem aventuranças... Ele segue falando uma série de conceitos, ao ver social, pobres e miseráveis, mas que, em afirmação do próprio mestre, nos conduzem a uma inestimável recompensa.

Mas, onde estão às tais recompensas faladas por Jesus em seu sermão?

Na verdade, essa é uma pergunta que muitas pessoas se fazem ao longo da vida de Cristão:
“Porque Deus permite que eu passe por tudo isso?”

O que as pessoas ainda não entendem é que, a perfeição só vem por meio do sofrimento, e Jesus disse: “Sede santo porque sou Santo!”

Em Hebreus 2. 9-18, vemos que o apóstolo Paulo escreve uma carta aos Hebreus citando tal coisa. Ele enfatiza a humanidade de Cristo, fale do que Cristo sentia, e que ele não tinha nada de diferente de seus irmãos, nós.

Os assim chamados cristãos dos dias de hoje, mistificam a Cristo quanto ser terreno, e uma das grandes mentiras pregadas, infelizmente, nos púlpitos de igreja é a seguinte frase: “Ninguém é perfeito...”. Isso é cuspir na cara do criador... Isso é você olhar para Deus e chamá-lo de incompetente, é dizer que ele não tem nem a capacidade de fazer míseros seres humanos perfeitos... Falar isso é duvidar da própria perfeição do criador dos céus e da terra.

Não posso publicar algo que fuja da verdade de Cristo, que diz que temos que seguir suas pisaduras. Então seguir a Cristo é também sofrer por Ele. Isso fica bem claro no versículo 11 do capitulo 5 de Mateus que diz:

“Bem aventurados serão vocês quando, por minha causa, os insultarem, os perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês.”

Jesus em seu sermão nos promete recompensas pela nossa demonstração de amor para com Ele, mas essas recompensas não competem ao tempo chamado hoje, e sim ao tempo chamado eternidade. Isso não é mistério de Deus revelado, é apenas uma observação atenta das escrituras sagradas... Quando Jesus fala das beatitudes, ele só usa os verbos no futuro: SERÃO, RECEBERÃO, OBTERÃO, etc. No versículo seguinte, no versículo 12 do mesmo capítulo ele diz:

“Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos CÉUS, pois da mesma forma perseguiram os profetas antes de vocês.”

As bem aventuranças de Deus para as nossas vidas é uma promessa que apenas se cumprirá quando formos ter com o Pai. Alegrem-se pelas provas e tribulações desta vida, porque quando forem perfeitos, aquilo que vocês conhecem como paz, será pouco comparado a eternidade ao lado de Jesus.

Gleilson Alves

quinta-feira, 12 de maio de 2011

O AMOR NÃO COMPREENDIDO DE DEUS


Falando de amor, vem-nos a cabeça uma utopia, um sentimento, uma sensação, um modo de agir, na verdade em resumo vem um ensinamento grego do que é o amor, e até mesmo confundindo com o amor de Deus.

No livro de JÓ, nos capítulos 1 e 2, vemos o amor de Deus para com um servo Jó que era íntegro, fiel, que temia a Deus, e que se desviava do mal. Mas mesmo assim, todas as assim chamadas atrocidades foram delegadas por Deus para que acontecessem na vida de seu filho, e vale ressaltar, Deus falou que não tinha um sobre a face da terra semelhante a Jó. Isso é amor? Sim, isso sim é amor! Deus nos proporciona situações nas nossas vidas para podermos crescer e amadurecer no entendimento e na graça D’Ele. Jó venceu, mostrou que era um bom filho, e lhe foi restituído tudo 2 vezes mais.

No livro de Êxodos, vemos o amor de Deus para com o seu povo, tirando-o da escravidão do Egito e colocando-os a caminho de Canaã, a terra que manava leite e mel. Israel obteve a misericórdia de Deus, mas não a aproveitou devidamente, e no livro de Deuteronômio, nos capítulos 1, 2 e 3, vamos ver que por causa de seu pecado, e para que Deus pudesse preservar a sua própria palavra que diz: “Tudo aquilo que plantares, certamente colherás...” , o povo daquela geração que saiu do Egito, não entraria na terra prometida, com a exceção de Josué e Caleb... Nem mesmo o próprio Moises foi poupado de tal castigo, Deus apenas deixou que ele visse a terra prometida de longe. Isso é amor? Sim, isso sim é amor! Deus não tem comunhão com o pecado, Ele nos proporciona tais situações para podermos tirar uma lição de vida, e para podermos voltar ao Seu caminho. No fim, a salvação de Moises foi preservada com aquela atitude.

Muitas pessoas acham que amor é bajulação, passar a mão sobre erros, deixar pra lá...
Deus deixa pra lá os nossos erros só quando nos ARREPENDEMOS, mas até nisso o povo peca por não saber o que é ARREPENDIMENTO... ARREPENDER é perder aquilo que outrora tínhamos, não é deixar o pecado sobre controle, na coleira... É matá-lo. Uma vez morto, o pecado não pode reviver, porque só quem tem o poder da ressurreição é Deus, e ele jamais vai comungar com o pecado, a ponto de ressuscitá-lo no homem.

Amar não é nada daquilo que a grande massa pensa, mas é aquilo que Deus nos revela, todos os dias em suas escrituras e em nossas vidas.

Deus é amor, o amor segundo, 1 Corintios 13, que é completamente oposto aquilo que somos doutrinados desde o berço.

Então fica a pergunta, você consegue compreender o amor de Deus?

Gleilson Alves

terça-feira, 10 de maio de 2011

AS TRÊS TOMADAS


O ser humano, na sua composição real, é tricotômico, ou seja, composto de corpo, alma e espírito. São três que formam um todo.
Nós somos o único ser que, durante nosso amadurecimento, podemos nos ligar a três tomadas diferentes... A tomada CARNAL, a tomada MENTAL e a tomada ESPIRITUAL.

Quando nascemos, existe em nós algo que Jesus dá como perfil de quem tem direito ao Céu, a inocência. Nesse estágio, estamos diretamente ligados a tomada ESPIRITUAL.

Mas com o passar do tempo, a sociedade tira a pureza daquele ser, colocando-o numa condição sub-humana. Ela nos mostra os prazeres, as satisfações os desejos... Nesse estágio somos ligados a tomada CARNAL.

Quando entramos numa fase de entendimento e discernimento das coisas, e começamos a questionar tudo, inclusive a Deus, entramos num estágio onde estamos ligados a tomada MENTAL.

Mas, e agora? Esse é o fim? Ficamos agora ligados a tomada MENTAL até a hora de nossa morte?

Não. O caminho a ser trilhado, ao contrário do que as pessoas pensam, é de retrocesso, é de voltar atrás, é de encontrar de novo o 1º estágio de nossa vida... Ser CARNAL é terrível, não somos mais do que meros animais, apenas atrás de satisfazer nossos desejos e prazeres.
Ser MENTAL é depreciável, questionar uma coisa para obter a verdade é bom, mas do que vale só sabermos a verdade? Temos que nos misturar com ela, temos que ser um só com ela, temos que colocar ela na nossa existência. O nosso alvo é de sermos ESPIRITUAIS, sendo assim, voltamos ao Éden de Deus, voltamos a inocência, não deixando de discernir o bem e o mal, mas estando acima deles, não nos misturando com a mente, mas sendo senhor dela...
Estar ligado na tomada ESPIRITUAL é estar ligado direto com o criador do universo, é ser co-participante do poder de Deus.

Gleilson alves