quarta-feira, 30 de março de 2011

A supremacia do SER e a irrelevância do TER


Quando falamos sobre o evangelho de Cristo, entramos num assunto que as pessoas não conhecem de verdade, apenas acreditam.

SER é conhecer, se misturar, fazer parte do universo, se tornar nada para que tudo possa ser inserido no nada.
TER é acreditar, é apenas olhar pra multidão e dizer que existe pessoas ali, é orbitar Deus.

Existe um parábola que diz o seguinte:

Existia um grupo de mariposas vivendo em um determinado lugar. Esse grupo de mariposas chegou para sua rainha e lhe perguntou: "Rainha, porque nós temos atração pela luz? Porque todas as vezes que chegamos perto de uma lâmpada ou de uma chama de uma vela somos atraídos?"
Então a rainha pensou, ponderou e disse: "Olha, eu não sei porque somos atraídos pela luz, vocês vão ter que descobrir por vocês mesmas!" Então as mariposas saíram em busca da resposta.
Tempos depois voltou uma mariposa quase cega de um olho, e falou para a rainha: "Rainha, cheguei tão perto da luminosidade de uma lâmpada incandescente, que fiquei quase cega de um olho, mas ainda não sei o segredo."
Depois disso, passado mais um tempo, veio outra mariposa com uma asa queimada, e disse para a rainha: "Rainha, cheguei tão perto da chama de uma lamparina, que queimou minha asa, mas ainda não descobri o segredo de nossa atração."
Muito tempo depois, as mariposas e a rainha tiveram a noticia de que uma terceira mariposa vou de encontro a uma chama de uma vela, e morreu.
A rainha, após receber a noticia que uma das mariposas tinha morrido, ponderou muito e chamou novamente todas e disse: "Dentre todas nós que saímos em busca da verdade, apenas uma conseguiu obter a resposta... Aquela que entregou a própria por causa da verdade.


Todos somos atraídos por Deus, mas apenas TEMOS essa atração, que, por medo, nos faz apenas orbita-lo .
Deus quer que SEJAMOS semelhantes a Ele. Deus nos mostra como. Apenas morrendo para nós mesmos, em nossos conceitos, em nosso entendimento humano, em nossos sentimentos e sensações, podemos alcançar o PERFEITO.

O TER é irrelevante, mas o SER, que é se misturar, que é entrar dentro, é mais que importante, é a própria vida.

Gleilson Alves

terça-feira, 1 de março de 2011

Meta vs Propósito


O que é meta?
É um caminho articulado pela mente humana para se alcançar um objetivo, podendo ser alcançado de qualquer forma ou em qualquer estado.

A meta no reino de Deus é descartavél. Ela não existe nos pensamentos do criador e nem nos ensinamentos do mestre Jesus Cristo.

Deus nos ensina acerca do próposito. Ele nos mostra isso desde a criação e os primeiros seres humanos.

Caim e Abel ofertaram um sacrifício a Deus. Os dois sacrifícios tinha o mesmo valor, eram as primícias de seus trabalhos, mas Deus atentou para a oferta de Abel e rejeitou a oferta de Caim. Mas porque isso aconteceu?

Deus atenta o coração do ser humano e sabe o que se passa em nossos pensamentos. Deus sabia da intenção dos dois corações. Ele sabia que a oferta de Abel era um KAROV (palavra hebráica que quer dizer SACRIFÍCIO que quer dizer: "Aproximar-se de Deus"), mas também sabia que a oferta de Caim era apenas um cumprimento de meta, ele estava ali apenas cumprindo um mandamento a seco, sem amor e sem o propósito de Deus como sua intenção. Caim não queria aproximar-se de Deus, ele estava apenas cumprindo uma lei por obrigação.

Nós podemos cumprir uma meta de qualquer forma, mas o propósito de Deus só pode ser cumprido com o AMOR incondicional de Deus nas nossas vidas.

Deus apenas nos contemplará se trabalharmos com o foco no propósito Dele para o humanidade.
As palavras Dele são bem claras:

"NEGUE-SE A SI MESMO, TOME SUA CRUZ E ME SIGA."

Pare de fazer aquilo que está fazendo apenas porque alguém lhe ordenou a fazer, faça tudo em nome de Deus e por amor a Ele.

Gleilson Alves