segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Fruto da perdição



Ouvimos muitos comentários sobre a perdição. Ouvimos que a perdição veio através do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, comido por Adão e Eva, o fruto proibido por Deus. 

Perdição nos traz a verdade, perder a ação. O ser humano perdeu sua ação, quando comeu o fruto do conhecimento do bem e do mal. Interessante observarmos que, antes de PERDER A AÇÃO, o homem não tinha conhecimento do mal, e tão pouco do bem, e eles eram a imagem de Deus, então, conseguimos alcançar uma verdade onde vemos seres desprovidos de tal noção, vivendo apenas com sua essência divina, com um nível de consciência acima do entendimento de bem ou mal.

O fruto da perdição foi a PALAVRA.

Quando palavras são usadas, elas exercem forte influência em nosso meio, para o bem ou para o mal, mas as palavras não conseguem alcançar a essência real do homem, elas só alcançam uma consciência do bem e do mal, do certo ou errado... Elas são desprovidas da divindade original do homem.

Quando falo:
- Meu nome é Gleilson Alves, sou de Fortaleza no Ceará.
Seria isso uma verdade, ou apenas algo criado para nomear algo ou alguém, um significado?

Nomear algo ou alguém não é uma verdade, é apenas um indicativo para podermos identificar fisicamente uma pessoa ou objeto. A verdade é mais profunda do que isso, ela está no ser original do homem, ela está no SER do ser humano.

Gleilson Alves

Nenhum comentário: