sábado, 10 de outubro de 2009

A grande mentira!


Em situações da vida aprendemos que somos mais do que simples humanos, aprendemos que a filosofia da vida é apenas amar.

O sentido real e a plenitude de um ser humano é o convivência e o relacionamento.Sabemos que fomos criados para sermos seres saciáveis, mas querer mudar tal coisa implica dizer que quer abrir mão de sua própria natureza.

E ainda implica dizer que a seguinte frase é verdade:"Não somos perfeitos."
Essa é a grande mentira da sociedade.

Deus jamais faria algo imperfeito.Apenas nós perdemos essa sensibilidade do nosso ser divino, apenas perdemos a sensibilidade de Deus em nós.

O sentido real da vida é ser "PERFEITO", sermos como éramos originalmente.

Gleilson Alves

2 comentários:

Edson Carmo disse...

Devemos colocar de lado a mente ordinária e tomar de volta a mente extraordinária. Fomos expulsos do Éden porque acreditamos em uma mentira; acreditamos que o conhecimento do bem e do mal nos faria semelhantes a Deus. Esse conhecimento venenoso penetrou em nossas mentes, criando nela a estrutura de tudo que sabemos. Com este veneno na cabeça, só enxergamos aquilo que acreditamos – o nosso conhecimento. E o que conhecemos? Mentiras, basicamente mentiras. Este é todo o fenômeno!

Agora, o jeito de dissolver tais mentiras é desaprender tudo o que se aprendeu. Quando desaprendemos nossa inocência volta, então podemos ver o reino de Deus. É por isso que Jesus disse em algum lugar: “Aquele que não se tornar semelhante a uma criança não pode ver o reino de Deus.” A Verdade!

Edson Carmo

dança de shiva disse...

Muito obrigado Gleison, concordo com você, somos na essência perfeito e não queiramos nós estar certos em tudo, sendo que usamos tão pouco de nossa capacidade cerebral... Evoluir, aprender esse é o objetivo de todo os sres viventes...
"namastê"