terça-feira, 29 de setembro de 2009

Desânimo


Olá amados,

Em meio a tanta coisa que acontece em nossas vidas: lutas, provações, desafios profissionais e etc, vêm algo que nos proporciona um desafio mental terrível...

O desânimo.

Quando nos condicionamos a estarmos em estado de desanimo, nos condicionamos a tentativa brusca e impensada de gritar a todos a nossa condição espiritual.
As condições espirituais das pessoas são de caráter pessoal e intransferível.
Gostaria de salientar que quanto mais nos mostramos como espírito mais estamos sujeitos a todos os sentimentos, e cada sentimento vem de acordo com as características fisioespirituais de cada ser.

O desânimo em particular, vem de forma desavisada e disfarçada em razão.
Quando estamos desanimados sempre temos um porque para aquela atitude:
“Estou desanimado com o meu trabalho porque...” ; “Estou desanimado com minha vida porque...”
A vida é feita de escolhas, e quando escolhemos não podemos nos lamentar por nada e nem por ninguém. As escolhas foram feitas, e bem sabemos que para cada ação há uma reação, saiba conviver com suas decisões e com as conseqüências delas.

Seja a reação de uma ação boa, que foi a criação de tudo que existe no universo pela mãos de um ser divino e repleto de misericórdias para com todos os faltosos.

Gleilson Alves

Um comentário:

Edson Carmo disse...

É, é a velha lei da causa e efeito. Teologicamente, a velha lei da semeadura: "aquilo que o homem plantar certamente colherá"

Sempre que fazemos algo bom, este bom criará no segunto seguinte o que é bom. É assim: o fogo queima e a água molha, o que vem do fogo é calor e da água frescor - estes são os seus filhotes!

Edson Carmo