domingo, 25 de outubro de 2009

Crônica "Os outros"


Só concordo com Luiz Fernando Verissimo, quando ele mostra, em crônica ótima e em nenhum preconceito(!!!), que o povo não presta, que toda a ruindade do país resulta na existência do povo. Verissimo que me desculpe, mas atribuir tudo de ruim so ao povo é incorreto e incompleto: o povo é aquilo mesmo, talvez até mais, porém não é o unico responsavel por tudo estar errado. Existem os outros qe não prestam, vamos as eleições de 1989: todos queriam Lula, mas na hora da verdade, vem os outros e votam no Collor. A anarquia que reina no congresso nada tem com o povo, que ão vota leis. São os outros que votam. Os outros fumam nos onibus e elevadores e nem se preocupam com as boas maneirasou as proibições. "Os outros que obedeçam", dizem sinicamente.

Quem é que não sabe votar? Quem fura as filas? Quem dirige sem cuidado, achando-se dono das ruas só porque tem carro? Quem entra na contramão? Quem buzina quando abre o sinal verde? Quem é que gosta de dupla caipirinha? Quem fala na volta dos milagres? Quem acredita no choro da santa? Os outros e ninguém mais. Alguém já viu ou teve noticias de um acidente que não sejam provocados pelos outros? Nunca! Eu, quando viajo, nem me preocupo comigo, mas com os outros, que são irresponsáveis, ultrapassam nas curvas, guiam com excesso de velocidade, etc. Os outros, sempre os outros. Os outros são nossa desgraça!

Mas quem são, afinal, os outros? Deve ser antes sobrenaturais, pois nunca os identificam. Todos criticamos ou nos escondemos por trás dos outros, todos projetamos nos outros os traços ruins de personalidade, todos esperamos que os outros cumpram com o dever, mas ninguém diz quem os outros são.

Os proprios outros não se conhecem. Com certeza, lendo esta crônica, os outros vão achar que os outros a quem me refiro são os outros.

Uma última acusação, gravissima, os outros plagiam os bons cronistas. Esta crônica, por exemplo, parece coisa dos outros.


Adaptado: Luciano Lira Macedo

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Thoughts about the world!


(sorry if my english show some wrong.)



when a person is looking for love she forgets that love is God!


God is more than just a symbol of power, it is our only creator.


God just wants us to be faithful to its precepts and desires, We love to God, but we don't see it.


With each passing day the world sinks more and more ... Drugs, prostitution, lust, sex, pornography ... not seem to ever go out this level.


I mean that: "Although we are so bad and cruel, in love God deeply."


Is why I always say ...


God is so good²!


Gleilson Alves

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Aliança


Quando falamos de aliança, lembramos de união, comunhão...


A aliança original feita entre Deus e o ser humano foi quebrada devido ao deslize do homem em relação aos criterios da aliança.


Mas Deus fez uma nova aliança com os homens, Uma aliança maior e mais forte do que a primeira...Uma aliança fimada com a morte de Jesus Cristo, o verbo que se fez carne e morreu pela remissão dos pecados da humanidade.


Jesus Firmou conosco a aliança masi perfeita de todas, onde toda a humanidade tem acesso direto a Deus e onde temos real direito a vida eterna em apenas aceitar e confessar o nome de Jesus em nossos corações.


Gostaria de firmar que:


Uma aliança se da por meio de um acordo e cumprimento de preceitos de ambas as partes interessadas.

Deus nos dá a vida eterna de paz e gozo na gloria em troca damos a ele o que lhe é devido, uma amor ágape, incondicional.


Sendo assim:

"Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temarei mal algum, porque Deus está ao meu redor e derredor sempre a olhar por mim."


Acreditar ou não nas divindades espirituais, é direito de cada um, mas lembre-se que as divindades espirituais existentes são tão reais quanto a materia, sendo que podem nos atingir com mais veracidade.


Enfatizo ainda que:


A liberdade de escolha não é o verdadeiro livre arbitrio.

O livre arbitrio se dá por escolhas feitas com sabedoria e consciencia, mesmo que tal decisão venha afetar seu ego.



Gleilson Alves

Selo de Reconhecimento


BLOG INSTIGANTE - Selo de Reconhecimento

Esta premiação foi criada pelos blogs Osho-br e Koyanisqatsi.O selo de reconhecimento Blog Instigante premia os blogs que, além da assiduidade das postagens e do esmero com que são feitos, provoca-nos a necessidade de reflectir, questionar, aprender e – sobretudo – que instigam almas e mentes à procura de conhecimento e sabedoria.Escolhi abaixo os 8 mais instigantes, de acordo com meu modo de ver e sentir.

São eles:

http://gleilsonalves.blogspot.com

http://renerbrito.blogspot.com

http://projetoindo.blogspot.com

http://almadarkangel.blogspot.com

http://edsoncarmo-amor.blogspot.com

http://cenasdaminhamemoria.blogspot.com

http://amoralya.blogspot.com

http://koyaanisqatsi-cb.blogspot.com

Os blogs agraciados escolherão – cada um – 8 blogs com as características acima descritas e deverão copiar a imagem do selo e o texto acima, adicionando-a ao espaço que convier.Agradeço ao blog amoralya.blogspot.com, premiar o blog edsoncarmo-amor.blogspot.com, com o distinto Selo de Reconhecimento.

Grato a todos, especialmente a Edson Carmo.

Gleilson Alves

sábado, 17 de outubro de 2009

Acerca do amor de Deus


Em tempos de nossas vidas percebemos que sempre estaremos em meio a guerras e tribulações...
Sempre tive o entendimento de que a vida não é bela quando estamos fora do caminho de Deus, mas ela começa a ter sentido quando o brilho de Deus começa a ilumina-la.

O amor de Deus em nossas vidas é nosso regente, mas nem sempre este entendimento vem em nossas mente...
As vezes nos sentimos em um extremo vazio, nos sentindo extremamente só.

Certo dia estive caminhando com Deus a meu lado, e sempre tive um sentimento de felicidade mutua em meu ser.
Passamos por lugares lindos e que trazia paz a minha alma.
Sempre olhei para a areia e via sempre dois pares de pegadas, as minhas e as de Deus.
Os lugares lindo eram os momentos felizes de minha vida...Praias, Falesias, Oasis...Existia muita felicidade nesses momentos.

Mas em um certo momento entrei no deserto seco e com um sol escaldante sober mim, esses eram os momentos de dificuldades e lutas em minhas vidas, olhei para o chãoe vi apenas um par de pegadas e pensei que Deus tinha me abandonado naquele momento...
Parei e perguntei: "Deus por que me abandonaste?"
E ele me respondeu: "Filho, sempre andarei ao teu lado, quando cair te levantarei, quando chorar enxugarei tuas lagrimas...Saiba que esse par de pegadas que você vê são minhas porque quando chegamos ao deserto sei que seria muito dificil para você, então te tomei no colo e estou te carregando, você é meu filho amado a qual dei minha vida como homem e nunca lhe deixarei só."

AMOR INCONDICIONAL:
A essencia Real de Deus é o amor.

Lembre-se:
"A ninguem deve nada, senão o amor."


Gleilson Alves

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Debate Ultima parte


O que você precisa entender que existem 03 estados: o bem, o mal e o transcendental – aquele que está acima do bem e do mal. As palavras sempre são duais. Se falo dia, automaticamente estou em relação com a noite. Se falo a palavra claro, ao mesmo tempo estou dizendo que não está escuro. O que as palavra podem fazer alem disso?

Todavia quero que você saiba que Deus está em mim, em você, em quem quer que seja quando: o amor, a paz a alegria, a beatitude... estão presentes. Deus não está presente nos templos, nas mesquitas, nas sinagogas... Deus está presente no coração que ama, na pureza e na bem-aventurança da vida.

Gleilson / Edson

Debate Parte 03


Não estou criticando-lhe ou querendo lhe deixar em qualquer estado desconfortavel, apens digo que, devemos nos preocupar uns com os outros.
Se vejo que a vida de uma pessoa está mal é por alguma cousa, e normalmente essa causa se chama influencia maligna.

O inimigo está ao nosso redor e sempre, esperando uma brecha para entrar.
Deus é diferente, ele diz:

"Eis que estou a porta e bato, se abrires entrarei e ceiarei contigo"

Deus é educado, e o diabo só sabe invadir.

Quando queremos ajudar ao proximo com problemas se não temos dominio em tal assunto.

Não digo dar importancia, mas conhecer para quando preciso saber se defender.

Saiba:
Você não acredita no diabo? Que pena ele acredita em você, e quer ceifar tua vida.

Lembre-se sempre disso!

Gleilson Alves

Debate Parte 02


As pessoas vivem do material mesmo, mas o verdadeiro sentido de Deus é mais alem do material, é o inorganico, é o amaterial.

Existe para o mundo N pontos de vista para o mundo, mas o verdadeiramente sua definição real dado pelo proprio criador é:

MAL

Mas Cabe a nós transformarmos tal natureza...

Se algo é ruin torne-o bom, é essa a lei da semeiadura.

Transformar trevas em luz!


Gleilson Alves

Debate Parte 01


A nossa ligação com Deus é mais do que necessária, é até involuntaria.
Somos criação de suas mãos, temos seu sangue atraves de cristo correndo em nosso espirito, e o seu amor pelas suas misericordias...

Não existe estado de evolução para o homem.
Nós apenas estamos voltando a um estado inicial, o nosso estado original, o "SER CRIADO".

A inteligência Humana provem de uma divindade celestial e não de uma consciencia mortal, mas sim divina.

Quando dizemos que a cada ano que passa o homem entra num estado de evolução maior, corretamente temos que dizer que o homem está voltando ao ultero de seu estado original.

Assim como o filho possui caacteristicas fenotipas e genotipas de seu genitor, assim o homem é portador da divindade de Deus em seu ser, apenas sua sensibilidade foi perdida e esquecida nos seculos.

Somos mais do que cópias, somos o centro da vontade divina.

Somos Filho de Deus.

Gleilson Alves

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Demônios


Em tempos remotos a divindade de lúcifer foi tirada por um detalhe, a ganância.

Foi lhe tirado tal dádiva e lhe entregue uma maldição eterna, o inferno.

Demônio são aqueles que resolveram seguir seus ensinamentos e ganância, são aqueles que seguem:

A MENTIRA: Porque o Diabo é o pai da mentira.

O ODIO: Porque o amor provém apenas de Deus.

A LUXURIA: Porque a riqueza corrompe.

O INTERSSE: Porque em seu universo existe apenas a si próprio.

ETC.

Demônios existem para desviar todos de um caminho de vida eterna.

Demônios existem em todos os ambientes, mas principalmente dentro de igrejas.

O joio que leveda o trigo está em ascensão nos dias de hoje, vivendo de aparência GOSPEL para iludir todos os fracos.

Muito barulho, muita contradição, perdemos a essência do verdadeiro sentido do evangelho, que é o AMOR.

Quando vamos para de nos iludir e começarmos a viver como anjos e deixarmos essa vida de demônios? Quando?


Gleilson Alves

sábado, 10 de outubro de 2009

A grande mentira!


Em situações da vida aprendemos que somos mais do que simples humanos, aprendemos que a filosofia da vida é apenas amar.

O sentido real e a plenitude de um ser humano é o convivência e o relacionamento.Sabemos que fomos criados para sermos seres saciáveis, mas querer mudar tal coisa implica dizer que quer abrir mão de sua própria natureza.

E ainda implica dizer que a seguinte frase é verdade:"Não somos perfeitos."
Essa é a grande mentira da sociedade.

Deus jamais faria algo imperfeito.Apenas nós perdemos essa sensibilidade do nosso ser divino, apenas perdemos a sensibilidade de Deus em nós.

O sentido real da vida é ser "PERFEITO", sermos como éramos originalmente.

Gleilson Alves

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Religiosidade


A praga do mundo Contemporâneo...

A RELIGIOSIDADE!

Quando falamos de tal coisa nos vem a mente muitos simbolos e dogmas que o ser humano aderiu a fim de tentar servir mais dignamente a Deus, mas bem sabemos que atraves disso eles apenas conseguiram se aproximar mais das trevas.

Sabemos que os grandes assassinatos em massa se deram pela igreja catolica em tempos remotos.
A reforma protestante que ocorreu no seculo XVI por Martinho lutero também realizou muitos assassinatos em seres humanos por motivos religiosos e ao meu ver banais.

Grandes chacinas foram feitas por pessoas em nome de um Deus de sangue que não é o criador, e tem vivido em prol disso agora.

A religiosidade é o grande mal de toda a historia da humanidade, é a doença mais perigosa e que ainda, nos olhos de muitos, imperceptivel.

Seguir os principios de Deus é seguir o amor em plenitude, é saber se doar por completo, é saber viver em nome de algo que nos proporcionará um bem incalculavel, uma vida eterna de gloria e paz em um lugar de graça e ternura onde não habita nenhum sentimento ruim.

Precisamos voltar a nosso estágio inicial.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Sinceridade


Falar sobre tal coisa é como falar sobre a natureza de Deus, é quase impossível.
Deus nos mostra que a sua grandeza é mais do que possamos imaginar e compreender.
A sinceridade de um ser humano é medida por seu grau de amor ágape que encontra-se nele.
O amor incondicional é a natureza de Deus no homem, e através de tal coisa podemos desenvolver um grau de sinceridade que é inimaginável, a ponto de nossa divindade adormecida ser mais luminosa e deslumbrante aos olhos de um ser humano comum.
Quando desenvolvemos tal coisa podemos dizer que Deus realmente faz parte de nós, podemos dizer que realmente somos filhos do Criador das galáxias e do universo.

Ser sincero é ter amor sem limites pelo próximo, não por culpa ou por peso na consciência, mas por ter um amor real pela vida humana criada por Deus.

Entregamo-nos a coisas carnais e sem perceber mergulhamos em um mar de uma falsa sinceridade e acabamos com todas as expectativas de ser imagem de Deus.

O mundo mascarou a verdadeira face da sinceridade, onde ele mostra que ser sincero através do medo é uma sinceridade real e única, mas vemos através de Deus que não é assim.
Vemos que Deus quer um arrependimento de coração e não por medo ou qualquer outra coisa que nos força a aceitá-lo, ele quer uma sinceridade vinda de nossos corações, do mais intimo de nosso ser.

Por isso digo:
De que vale o homem dizer que se arrepende sem ser sincero de coração, sem amor a Deus e se iludir com uma falsa salvação e naquele dia o Criador olhar pra ele e dizer: “Eu vos conheço?”.


Gleilson Alves

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Características de um ser humano


O animal chamado HOMEM está em num nível de cadeia alimentar acima de todos os outros seres existentes no universo.

Bem sabemos que a benção do criador com a inteligência foi para o ser humano.

Mas, em dias como hoje, a classificação do ser humano está completamente contrária aos princípios da Criacionalidade.

Morte, destruição, sexo sem limites, guerras, ódio.

Olhamos para nós mesmo e achamos que somos abençoados por Deus, mas nos esquecemos de que as bênçãos vão para aqueles que são fieis a forma original da criação, a INCORRUPTIBILIDADE.

Hoje a real classificação de um ser em questão a vida em que ele vive em modo geral é a seguinte:

1 Individualista (Vivemos em forma de sociedade, jamais isso funcionará neste modelo em que vivemos)

2 Orgulhoso (A vida é feitas de altos e baixos para todos, jamais deixe de evitar um mal maior por ter receio de ferir seu próprio ego)

3 Desejo (O ser humano muitas vezes deixa emoções fúteis e passageiras tomarem de conta de seu ser e caem conscientemente)

4 Ódio,Fúria (O instinto animal do ainda existe dentro do ser humano e quase sempre deixa-se transparecer notoriamente)

...

A classificação continua em uma escala incrível onde podemos ver realmente o quanto estamos fora do caminho.

O real caminho que devemos trilhar é o oposto disso, mas para isso exige uma renuncia de mim mesmo, a renuncia de um caráter criado por mim mesmo.
A renuncia de meu EGO.

Gleilson Alves

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Desânimo


Olá amados,

Em meio a tanta coisa que acontece em nossas vidas: lutas, provações, desafios profissionais e etc, vêm algo que nos proporciona um desafio mental terrível...

O desânimo.

Quando nos condicionamos a estarmos em estado de desanimo, nos condicionamos a tentativa brusca e impensada de gritar a todos a nossa condição espiritual.
As condições espirituais das pessoas são de caráter pessoal e intransferível.
Gostaria de salientar que quanto mais nos mostramos como espírito mais estamos sujeitos a todos os sentimentos, e cada sentimento vem de acordo com as características fisioespirituais de cada ser.

O desânimo em particular, vem de forma desavisada e disfarçada em razão.
Quando estamos desanimados sempre temos um porque para aquela atitude:
“Estou desanimado com o meu trabalho porque...” ; “Estou desanimado com minha vida porque...”
A vida é feita de escolhas, e quando escolhemos não podemos nos lamentar por nada e nem por ninguém. As escolhas foram feitas, e bem sabemos que para cada ação há uma reação, saiba conviver com suas decisões e com as conseqüências delas.

Seja a reação de uma ação boa, que foi a criação de tudo que existe no universo pela mãos de um ser divino e repleto de misericórdias para com todos os faltosos.

Gleilson Alves

sábado, 26 de setembro de 2009

LUTAS



Mesmo que as lutas surjam em nosso caminhar, e os problemas nos afligirem tentando-nos tirar toda paz, toda luz e tentar nos afastar de nossos objetivos, ainda assim a perseverança tem que ser maior do que nossas fraquezas físicas.

As vezes atribuímos as dificuldades como obstáculos ruins para o nosso viver.
Eu os atribuo como meio de crescimento físico, mental e espiritual.

Os seres humanos são seres de um apercepção fora do comum, mal sabem eles que o verdadeiro sentido da vida se dá por meio de lutas e dificuldades.

O gosto de se possuir algo se dá pelo esforço que colocamos para consegui-lo. Mas quando ganhamos nem sempre se tem tanto amor assim.

É por isso que o criador atribui a nós um esforço para conseguirmos de volta o que já era de nossa natureza mas que o mal tomos de nós, a vida eterna.

Por isso saiba:
Jamais pense que a luta vem de graça, ela sempre vem com um grande propósito por detrás dela, um propósito designado por Deus.

Veja:
O amor de Deus para com a humanidade é maior de que qualquer luta que possa vir, e a nossa luta não é contra nada desse mundo material, e sim contra aquele que pode nos ceifar a alma.

Efesios 6:12

Gleilson Alves

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Angústia!


Quando este sentimento flora em nossa alma, nos achamos em um estado de podridão humana.
Ao saber que estamos angustiados, percebemos que o amor a Deus some, e nos resta apenas mormurar.
Mas, assim como todas as coisas, a angustia tem suas etapas:
1 - Inicio(Onde você nota que tudo a sua volta é sujo, imundo)
2 - Meio(Onde você reclama, mormura e até chega a um estágio de ateísta, duvidando de tudo e todos)
3 - Fim(Onde em você além da angustia flora o sentimento de arrependimento, e você fica sem chão, sem saber o que fazer).

Essas são as fases de um ser humano comum...
Sem Deus como seu guia Master.

Mas existe uma fase complementar para seres humanos que saber de suareal missão, a fase do PERDÃO.

Pedir perdão é muito complicado, por que pedir perdão e se "jurar" que jamais acontecerá denovo tal fato a algo ou alguém...

E bem sabemos que esse alguém aquele que nos de essa oportunidade.
A oportunidade de estarmos aqui de vocês poderem ler um de meus textos e de mim poder estar contribuindo com a saude espiritual de vocês.

Gleilson Alves

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Sentimento chamado musica


As notas musicais nos causam efeitos inesperados a fim de exercermos ações inesperadas.
Quando escutamos um jazz ou blues, temos a sensação de que estamos em uma serra deitados numa rede ao ar livre.
Quando escutamos um rock nos vem aquela agitação onde a adrenalina vai a altos niveis de concentração no sangue.
Isso também se aplica a ouvir a voz doce e suave do criador.
Quando um ser humano tem a sensibilidade de escutar essa voz seu corpo entra em tanxe, e aquele momento se torna unico e valioso para quem o tem.
Sentir aquilo que uma certa pessoa sentiu em uma certa noite, quando em sua mente maquinava-se o seu suicídio e por apenas uma letra de uma musica fez-se esperança em seu coração e a desistência da morte se concretizou.

Devemos ter sentimentos como este, entrar em contato direto com o pai celeste e procurar viver sempre ouvindo e sentindo sua bela musica vinda direto de seu trono de glória e luz.

Gleilson Alves

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Questões sobre a verdade


Quando falamos em verdade nos apegamos apenas a questões concretas e físicas...
A verdade em sua plenitude é mais do que isto...
Ela nos proporciona inúmeras possibilidades de acertos em questões filosóficas e sociais...
Mas por causa um comodismo mortal, esquecemos que a verdade em sua plenitude nos traz um abstratismo divino, onde podemos nos encontrar em um estado tão sublime quanto a um momento de copulação entre seres.

Devemos nos apegar a uma tese de que nos somos mais que homens e mulheres, somos o amor de um homem-Deus que viveu a verdade em sua plenitude.

Gleilson Alves

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

A ORDEM DE MELQUISEDEQUE!

Observemos um testemunho de vida de uma certa irmã.


Graça e Paz, Amados!

Há alguns dias ando lendo o site, e de início, quero testemunhar que tem sido uma bênção na minha vida.

Certo dia, eu estava assistindo a um programa de televisão chamado Dr.Hollywood, onde a temática do programa é, resumidamente, mostrar os ricos e milionários de Beverly Hills ( especialmente mulheres ) passando pelos mais diversos casos de cirurgia plástica. No programa, mostra-se muitos casos que até chegam a ser doentios, tudo vale pela aparência, pela divinização do exterior, é a tão comentada ditadura da beleza. Enfim... a despeito dos casos com pacientes paranóicas com sua aparência, desfrutando de rios de dinheiro para se transformarem na 'boneca' Barbie de sua preferência, criei uma simpatia pelo médico cirurgião-plástico mais famoso do Dr.Hollywood, que por sinal é um brasileiro; o Dr. Robert Rey.

O Dr. Rey vive em uma mansão caríssima (vale alguns bilhões de dólares) em Beverly Hills, digna de qualquer super astro de Hollywood, ele é especialista em cirurgias plásticas formado em Harvard, e tem um currículo invejável. Um homem que vive, literalmente, de aparência. Tem uma esposa paranóica com magreza, uma filhinha chamada Sidney, e entre roupas de grife famosas (com seu estilo colorido, chamativo e espalhafatoso com classe) , e seus carros Ferrari, BMW e outros... O que mais me chama a atenção nesse homem, é a sua, quase inacreditável, simplicidade de ver as coisas. O que realmente prende minha atenção ao programa, são as surpreendentes revelações desse médico-pop-star. Certa vez, ele estava a mostrar um novo modelo de silicone, que no momento era a febre das endinheiradas de Miami; e ao mostrar o produto, ele, até parecendo ser contraditório com sua própria profissão, soltou: Veja isso! Pra quê isso? Por que as mulheres precisam disso para serem felizes?... Outra vez, eu me emocionei, com o episódio em que ele estava se preparando para tirar sua faixa-preta em Taekuondo e se mostrou um homem extremamente sensível e simples. Dizia ele: eu gosto da simplicidade, essa vida de glamour, de luxo, não sou eu... e no mesmo episódio ele contava parte da sua história de vida, quando ainda menino no Brasil, certa vez seu pai disse que ele não servia para nada, que ele não faria nada bem na vida, que ele era um total fracasso; e entre lágrimas, ele dizia: meu pai, não foi um bom pai, um bom marido, não teve estudo... e eu consegui ser tudo que ele não foi; eu sou, ou procuro ser, um bom pai, um bom esposo, estudei, me formei, e olhem onde eu estou... e mostrava uma alegria extasiante ao conseguir sua faixa-preta... Realmente era algo especial para ele. E acho que foi impossível ter assistido e não ter se emocionado com o homem que vive do belo, do exteriótipo perfeito ter mostrado um pouco do seu interior frágil, das mazelas da alma, do ser que se chama humano.

Mas, para mim, um dos momentos inesquecíveis, das maravilhosas surpresas que o Dr. Rey me proporcionaram, foi num episódio em que ele fez uma viagem a uma cidade pobre da América Latina (não lembro o país), em que ele participou de um mutirão de cirurgias-plásticas para uma comunidade carente, onde ele chegou a realizar quinze cirurgias por dia; e ali, no meio daquele povo pobre, miserável, na verdade, as pessoas vinham em busca dele para uma cirurgia que não era por causa da vaidade insana, do supérfluo, mas por pura necessidade de se manter ao menos, como uma pessoa 'normal' no mundo. Eram casos de lábios leporinos; deformidades de nascença, por acidentes... Enfim, pessoas que realmente careciam de uma cirurgia plástica. Mas, paradoxalmente, foi em meio a essas deformidades, que ao meu ver, o Dr. Rey conseguiu enxergar beleza. Notava-se nitidamente sua percepção do que é feito o mundo, inclusive, ele mesmo testificou isso, quando disse: Gente, isso é o mundo real, não é aquilo que vejo em Miami, em Beverly Hills, aquilo tudo é superficial, é glamour... Isso aqui é o mundo real. E, após ter voltado daquela viagem, visivelmente tocado com 'o mundo real' como ele afirmou, deixou escapar um desejo, que a primeira vista, para muitos, pode parecer demagogia, mas, eu prefiro acreditar que seja verdade. Disse o Dr. Robert Rey destemidamente: Eu quero, futuramente, daqui a alguns anos, ser um missionário em comunidades carentes como aquela, talvez em algum lugar do Amazonas, dentro da floresta... Não um missionário da Palavra de Deus, mas um missionário de cirurgias... Eu quero poder ajudar as pessoas com aquilo que eu sei fazer.

Aquilo me marcou, pois, independente do que ele disse ser sincero ou não ( eu teimo em crer que seja, por tudo que tenho visto no semblante do Dr. Rey), aquela afirmação me trouxe uma forte convicção de fé: o que temos recebido de Deus, como dom, como talento, que temos deixado de abençoar as vidas ao nosso redor? O Dr. Rey certamente recebeu o dom de fazer cirurgias minunciosas, sem deixar cicatrizes; e creio que um dia ele usará isso como uma missão de vida mesmo, para abençoar outras vidas. Por hora, ele só consegue ser uma bênção para as pobre-ricas que não são menos dignas da nossa compaixão por suas almas, tanto quanto as criancinhas moribundas de países pobres.

Eu não sei se o Dr. Robert Rey seria um bom exemplo da tal 'Ordem de Melquisedeque' ou se seria sequer um exemplo, mas para mim, que gosto de observar; que gosto de ver através das coisas simples da vida; que tento ver além das aparências; que busco o que cada situação tem a me ensinar; que vejo num programa de televisão que trata da beleza exterior como um deus a ser seguido ( é literalmente o culto ao corpo, ao padrão-ditadura exigido pelo mundo moderno ), que vejo uma beleza que não é aparente, vejo um médico bem sucedido, no topo da sua profissão, mas que ao ter chegado no topo, percebe que precisa descer e se fazer igual a todo mundo, e que necessita ser útil ao seu próximo, e que o que ele vive (em meio a riquezas e aparentes satisfações) o que realmente satisfará sua alma será servir ao seu próximo, será fazer o bem, será viver, de alguma forma, o amor que se doa, o amor que o fará um missionário de cirurgias...

Naquele dia, O Senhor Jesus também fez uma cirurgia em mim, usando o Dr. Rey, tirando algumas escamas dos meus olhos e me fazendo enxergar nitidamente, o que eu já vislumbrava por vultos que às vezes me apareciam; que eu preciso usar os meus dons e talentos a serviço do próximo. A questão é: eu estarei usando para as pessoas que podem me tornar 'famosa, rica e conhecida', que me aplaudem, que me reverenciam - tal como as pacientes ricas do Dr. Rey - ou estarei usando os meus talentos para aqueles que realmente precisam, e não tem com que pagar? Na verdade, esse seria o verdadeiro 'pagamento': a satisfação de saber que se está caminhando em fé, fazendo a vontade de Deus, realizando aquilo que Ele o capacitou a fazer, trazendo Vida às pessoas.

Em Cristo, que nos chama ao amor, em atitudes.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Novidades!

Este link é demais...
Se puderem dêem uma olhadinha neste blog...

Origem do Pensamento!

http://edsoncarmo-amor.blogspot.com/2009/09/origem-dos-pensamentos.html

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

AOS QUE SE INCOMODAM COM OS COMENTÁRIOS DOS EX’S


Este é todo o preço que se paga por um dia possuir alguém. Você possui uma pessoa por um tempo, e quando você a larga, ela só sabe ser sua propriedade; tornou-se dependente, carente – é semelhante ao cachorrinho que cai da mudança.

Ora, um pássaro é colocado em uma gaiola, o dono pensa que está lhe ajudando, mas na verdade o está condicionando. Foi o que aconteceu, você condicionou o seu EX – o que o deixou sem saber viver sem você. Mas não se pré-ocupe, tudo isso passa, ninguém lança o balde por muito tempo em um poço onde não há água. Uma hora ele vai se cansar, paciência!

Mas me responda: "por que você está tão incomodada?" "Que tamanho tem o seu Ego?" "Qual a dimensão da sua culpa?" "Por que você se ofende tanto por ser alvo de falatórios?" "Quem escapa disso?" "Por ventura você se constituiu melhor que as outras pessoas?" Ah querida, não seja utópica, pare de se lamentar, pare de investigar, deixe de fazer papel de coitadinha... Se você quer mesmo ter uma nova vida, então abandone a antiga. E saiba: você não tem nem sequer um inimigo! O único inimigo que você tem não é ninguém que não seja você mesma – é você quem está fomentando, cultivando toda esta tormenta. Existe um ditado que diz: "O que os olhos não vê, o coração não sente; e o que os ouvidos não ouvem, não desse para o coração", mas você faz questão de ver e ouvir estes venenos. Quem é de fato o seu inimigo?

Lembre-se, não adianta lutar contra casas de aranha se a aranha não for morta. Não adianta perseguir consumidores de drogas se os traficantes ficarem soltos...

O seu EX e os assim chamados seus amigos, só estão falando da sua mudança. Você mudou, você está fazendo coisas que disse que não faria. Agora agüente, porque os comentários são mais que naturais. Amiga, este é o preço, tudo tem um preço e também tudo passa.

Edson Carmo

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Ainda há uma chance


As vezes nos ligamos a um comodismo gospel, um comodismo de características espirituais e não nos damos conta de que nós assim com todos ser vivente deve estar sempre em um universo de tarefas espirituais.
Devemos nos ligar a um trabalho continuo na obra de Deus...
Nos acostumamos tanto a viver assim aqui em nossa dimensão humana que nos esquecemos de que há um ser em uma dimensão sublime e celeste que quer sempre estar nos proporcionando paz harmonia e união, mas pra alcançarmos tais coisas precisamos nos esforçar...
Mas lembre-se:
Deus não quer um esforço forçado, e sim uma dedicação de amor e cumplicidade com ele...
O amor sacrifical é a plenitude do poder de Deus aqui na terra.

“ESFORÇA-TE QUE EU TE AJUDAREI!”

Gleilson Alves

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Dias atuais...



A cada dia que se passa podemos ver que em nosso ser existe algo vago, um espaço vazio em nossa alma.

Em busca de uma vida de plena paz e de amor múltuo entre irmãos, nos deparamos com algo inexplicável o amor de Deus.

Viver em amor é saber viver em Deus...

O dom supremo e a dádiva mais valiosa do criador para com o ser humano.

Deus é amor, e não arde em ciúmes...

Deus não comete injustiça, mas folga com a verdade...

Deus é o ponto ômega da paciência e não se porta com impaciência...

E acima de tudo isso Deus quer que você seja imitador dele, mas nos vem a cabeça aquela questão...

Será que minha consciência me deixa dizer: “ Sou imitador de Cristo”?

Gleilson alves

CIÚME NÃO É AMOR!


O ciúme não é amor. Amor é saúde, ciúme é doença, uma doença oriunda do estado de vulnerabilidade e de insegurança da alma. O ciúme é um dos mais básicos condicionamentos dos casais. É uma triste herança, um aprendizado que passa de pais para filhos, de geração para geração. O ciúme é uma erva daninha cultivada – e só existe por causa disso. Como o ciúme existiria se não fosse adubado, regado?

Entenda: o ciúme é o sentimento que vem da idéia de que o possuído está prestes a fugir da gaiola do possuidor para uma outra gaiola. Ele é o efeito colateral vindo da certeza de que não se é suficiente para a pessoa amada. Se você é ciumento, ciumenta, é porque desconfia que ainda não é suficiente para a pessoa amada. Se você é ciumento, é porque vê em si um vazio, uma deficiência, uma feiúra... você vê muitas falhas e defeitos em você, o que lhe traz o medo de que ao ser comparado, comparada com outro ou com outra, você fique em desvantagem.

Enfim, se você tem ciúmes, é porque tem a mais plena certeza de que o objeto do seu amor ainda não é seu ou sua.


Edson Carmo
link: http://edsoncarmo-amor.blogspot.com/2008/10/o-cime-no-amor.html